Demanda por voos domésticos cresceu em maio



  

Procura por voos domésticos teve alta de 1,2% no mês de maio. A Gol teve um aumento de 3% na sua participação no mercado e a TAM teve uma queda de 5,3%.

A crise financeira parece ter afetado diversas áreas de serviços em nosso país, mas as companhias aéreas parecem não estar sofrendo tanto com a queda do consumo do brasileiro, pelo menos no que se refere à procura pelos voos domésticos

Segundo o que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informou na última segunda-feira, dia 29 de junho, a procura por voos domésticos teve uma alta de 1,2% no mês de maio, se comparado com o mesmo mês no ano passado.

Acompanhando o crescimento do aumento da demanda por voos,  a oferta cresceu 1,7% no mesmo período.

Segundo a ANAC depois do resultado de maio, a demanda doméstica está a 20 meses consecutivos em alta no país e o mês de maio deste ano apresentou o maior nível de demanda entre os últimos dez anos. A demanda doméstica teve também seu nono mês de crescimento consecutivo.





Dentre as companhias aéreas que fazem os voos domésticos, a TAM, pertencente ao grupo LATAM, teve uma queda de 5,3% em sua participação dentro do mercado aéreo em maio deste ano, chegando a marca de 36,1% de participação efetiva. Já a companhia Gol parece não ter  sofrido tanto com a crise e apresentou um aumento de 3%, indo para 36,5% de participação efetiva no mercado aéreo.

Ainda não se sabe se o aumento da demanda é reflexo da queda das passagens provocada pela crise, ou se os brasileiros estão descobrindo e aproveitando os benefícios do transporte aéreo. E quando se trata de pequenas distâncias, como os deslocamentos domésticos, o transporte aéreo é unanimidade entre os passageiros. Além de mais rapidez, o transporte pelos ares também se mostra muito mais seguro e confortável do que o terrestre ou o marítimo.

Ainda não se sabe se o crescimento é um fator permanente, ou se quando a crise financeira acabar, e as empresas voltarem a aumentar seus preços, os passageiros deixarão de lado todo o conforto e eficiência dos voos em  busca de preços mais baixos em outras opções de transporte.

Por Patrícia Generoso

Voos domésticos



1 comentário em “Demanda por voos domésticos cresceu em maio

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *