Avião poderá realizar viagens de SP à Europa em 3 horas



  

Patente do ?Veículo aéreo ultra-rápido? foi registrada pela Airbus e promete atingir cerca de 5.513 km/h, realizando uma viagem de São Paulo a Lisboa em 3 horas.

Viajar numa velocidade tão grande que seria possível ir de São Paulo à Europa em apenas 3 horas. Quem nunca sonhou com isso? A Airbus acaba de realizar esse desejo dos passageiros. A empresa registrou a patente de um novo avião capaz de fazer viagens a altíssimas velocidades.

O avião recebeu a patente de “Veículo aéreo ultra-rápido”. A supermáquina seria capaz de atingir a velocidade Mach 4,5, ou em outras palavras, voar 4,5 vezes mais rápido que a velocidade do som: cerca de 5.513 quilômetros por hora!

Com essa velocidade espetacular, trechos que antes seriam feitos em 10 horas, como um voo de Tóquio para Los Angeles, por exemplo, agora seria feito em incríveis 3 horas. Com o mesmo tempo também seria possível realizar um voo de São Paulo até Lisboa.

O funcionamento do avião é feito através de três diferentes métodos de propulsão: turbinas a jato, ramjets e foguetes.

Para decolar, o avião usaria duas turbinas a jato, e a tradicional posição horizontal do começo do voo seria substituída por uma posição vertical, logo após o avião sair da pista, como um foguete. O avião então ganharia altitude através da propulsão dos foguetes, até atingir altura de voo, por volta de 30.000. Essa característica da decolagem pode ser uma das dificuldades enfrentadas pelos possíveis passageiros, já que permanecer na posição vertical por alguns instantes pode fazer com que algumas pessoas sintam-se mal.





A velocidade seria atingida através dos ramjets, e o avião utilizaria como combustível o oxigênio e o hidrogênio. A capacidade do avião seria de apenas 20 passageiros e dois pilotos, o que pode fazer com que as passagens saiam por preços nada simpáticos para o público em geral. Parece que a intenção é de elitizar esse novo meio de transporte, que seria acessível inicialmente somente para pessoas com maiores condições financeiras.

No vídeo abaixo é possível ver um pouco mais do projeto do novo avião, que já é chamado de o “novo Concorde”. A patente da aeronave foi feita pela Airbus no mês de julho.

Avião da Airbus

 

Por Patrícia Generoso



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *